divendres, 11 d’abril de 2014

BARCO DA CARREIRA DOS TOLOS -1830 - QUERENDO UM SUJEITO FAZER JUNTA A UM ENFERMO QUE TINHA TINHA, ACONSELHOU-O UM AMIGO QUE NÃO O FIZESSE PORQUE DE DOIS MÉDICOS POUCOS ENFERMOS ESCAPAM E DE TRÊS NÃO ESCAPA NENHUM, QUE IR À JUNTA ERA COVA ABERTA MELHOR SUICIDAR-SE

ANDO DE PORTA EM PORTA SENDO RICO

ANDO DE MÃO EM MÃO, NÃO SENDO CEGO

SEM SERMÃO MUITA GENTE SACRIFICO

QUANTO MAIS ME CURÃO, MAIS ME NEGO

LIVRO OS HOMENS DE MUITOS PRECIPÍCIOS

AMO SEMPRE A VIRTUDE E NUNCA OS VÍCIOS

José Daniel Rodrigues - Duque de Palmela

Para descarregar esTa Cidade
 
 Da multidão de Tolos, que a povoa. 
 
Com maré, vento em popa, e brevidade 
 
Vem este Barco ao Porto de Lisboa : 
 
Leva Tolos de toda a qualidade, 
 
Mas tem sempre hum lugar vAgo na proa: 
 
Quem disser, ou fizer alguma asneira, 
 
De mez a meZ, tem Barco da Carreira. 

BARCA DA CARREIRA DOS TOLOS. 
FOLHETO = III. MARÇO. 

CARREIRA DOS TOLOS MAL CASADOS.
 
 
 Tolos mal casados, pois que he huMa classe de gente, 
de que a nossa Cidade se acha bem 
munida, pela facilidade com que os casamentos se fazem a torto, 
e a direito. 
Fez aviso ao público, e á hora da maré própria 
para a viagem , pÔZ o Barco prompto ; e concorrerão  
LOgo immensos queixosos do seu estado. 



A primeira , que se offereceo , foi huma 
rapariga de vinte e quatro annos, 
que por eFfeitos de huma maçada, 
que tinha levado, fugira a seu marido, 
e chegando ao pé do Arrais, 
disse: 
Meu Senhor, eu sou huma pobre 
mulher, a mais infeliz de todas as mulheres, 
e até creio que a mais tola , que tem appareeido no mundo 
porque sendo huma pessoa 
de bem, creada com muito mimo, e recato , 
e querendo meu Pai , por vezes , fazer-rae al- 
guns bons casamentos, fui tâo leve de miolo, 
que nada abracei ; apaixonando-me enlao por 
hum rapaz, que tinha sido thesoireiro na mi- 
nha freguezia; tantos excessos fez por mim, 
e tanto me desinquietou que fugio comigo. 



Viemos depois para esta Cidade , onde casámos ,
 e pareceo cousa da fortuna 
que vendo-se SEM occupacao , estragou-me todos os 
meus bens; e quando se vio pobre de todo, 
então para meu maior mal, he que se fez cio- 
so : chegou de noite a levantar-se da cama 
descalço com huma luz na mao a correr todos 
os cantos das casas. Levava eu ao ultimo pon- 
to a minlia amargura com semelhante destino. 
Huma vez que sahi íó a por precisão grande, 
encontrando-me na rua, na mesma rua raedeo, 
e me levou para casa. Acodio logo huma comadre minha, 
que morava na mesma escada, 
e a quem elle devia algumtns obrigações: não 
ficou muito contente com aquella visita , po- 
rém (anto ralhou, e tanto disse para me inci- 
tar, que pegou nhum páo para vir direito a 
mim. Acode a comadre, finge elle maior cóle- 
ra , e repartio por tal moílo a pancadaria , que 
eu 5 e a comadre ficámos prostadas por terra. 
Ku levava o maior quinhão; e a comadre pa- 
recondo-lhe aquillo iuípossivel , julgava por en- 
gano as que lhe cabião. Junlou-se gente, e 
entrou elle a dar muitas satisfações , de forma 
que a comadre logo lhe predoou as que lhe 
couberão, attribuiudo-as a cegueira. 
 
 
engasgado com o genio de minha mulher , quando já nâo tem remédio!
 Ora conte-me, lhe disse o Arrais a sua historia , porque casou
assim tão atahalhoadamente ?
Senhor , disse o desgraçado, eu, que não sou daquelles, que
para fazerem hum casamento andão esfalfando
os olhos, e gastando a vista de janella em janella, dando cabo de resmas , e resmas de papel em escritos de amores ; que se andão
enforcando em secco, subindo por escadas de corda , levando bofetões , e estocadas , cousas a
que sempre tive tédio, assentei que por orações de alguma boa
alma da minha geração tinha vindo para a minha escada huma rapariga
muito formosa; e combinei na minha idéa esta fortuna, com õ que me dizia minha Mâi, 
que me tinha parido debaixo de huma escada
pelo Terremoto; isto então sendo eu hum homem , que não creio em agoiros !

Em oito dias, os olhos da rapariga se fizerao quadrilheiros do meu coracào, e derão comigo no cárcere do Matrimonio. Aquelles
primeiros tempos andou ella direitinha , sem
torcer, nem embainhar; porém depois que me
tomou o folgo, fez-se tão dengosa, tão exquisita , e tao desmanchada ,
 que nâo ha quem a possa sofrer presentemente. 
Digo, por exemplo , esta cozinha está hum nojo , he preciso ser esfregada, e caiada!
 Responde-me muito secca : não lhe dê isso cuidado. 
Digo-lhe mulher , deixa-te de tanta rompostura, e de tanto espelho
 olha que he Domingo, que estão
tocando á Missa, e se le demoras mais, flcas sem ella ! 
Faz-me hum arremesso, dizendo:
não importa, reprehendo a que tome conta na
criada, que vai dando cabo da loiça, e dos
copos, que tudo quebra, que tudo some! Responde: quer sim quer nãol insto-lhe que me
não grite, porque nos seus enfados está dando
que comer á visinhança , que pode muito bem
governar a sua casa, sem aquelles berreiros !
Víra-me as costas, e com hum grito me diz:
não se me dá.
Aconselho-a que não faça desfeitas ás visinhas , que se queixao d'ella , e a tem por soberba!
 Remata o seu discurso cora,
dizer: que tenho eu com isso? 
Ponho a de cautela para que cuide na minha roupa, que nunca veio huma camisa engomada !
rogo-lhe que sacuda o meu fato,
que lhe dê ar pelas janellas , porque a traça
não dè cabo deile ! Responde-me : logo ! 
Digo-lhe que he preciso desmanchar o leito , e lava-lo , e ver os enxergíles, que os pequenos
tem apodrecido! Responde-me: logo l
 Digo lhe que conte a nossa roupa, porque vejo toalhas
de mãos pela cozinha feitas rodilhas, que se
ella não tiver cuidado nisto, tudo será huma
perdição. Responde-me: logol

2 comentaris:


  1. De engasgado com o génio? a 12.04.2014 às 03:07
    isso é sexo oral ou andas a ser encornado?
    pelo génio

    ResponElimina
    Respostes
    1. res pondo respondes bolas ,,,,

      bolas non non

      O vapor de H2O CO2 metano e O3 absorvem mais radiação Infra-vermelha do que o O2 E O N2

      Elimina