dijous, 10 d’abril de 2014

POR VEZES O ESCRITOR FAZ AUTO-CRÍTICA O QUE É RARO - MILLÔR FERNANDES DISSO NÃO É AVARO - O HOMEM É UM ANIMAL INVIÁVEL - SER POBRE NÃO É CRIME MAS AJUDA MUITO A CHEGAR LÁ

DE FREIRE - O ELOGIO DA FALTA DE VERGONHA : PÍLULAS AMARGAS DUM GAJO MEIO PIRÚLAS DA HISTÓRIA OFERECIDA À CONTEMPLAÇÃO DOS TRISTES
PARA A SALVAGUARDA DOS TROUXAS QUE ENXAMEIAM O PAÍS

LIVRARIA NELITA - 1945


LISBOA DO MEU TEMPO E DO PASSADO: DO ROCIO À ROTUNDA JORNADA EM DOIS VOLUMES - O ROCIO ANTES DO SÉCULO XII ATÉ AO TERRAMOTO DE 1755

LISBOA NUM CHAVASCAL DE PEDRAS SOLTAS


Cap comentari:

Publica un comentari a l'entrada